CULTIVE COM HUGELKULTUR: A AGRICULTURA SUSTENTÁVEL!

Hoje quero compartilhar com vocês uma técnica incrível para cultivar alimentos de forma sustentável: a Hugelkultur!

A Hugelkultur, que significa "cultura elevada" em alemão, é um método de jardinagem que utiliza materiais orgânicos em decomposição para criar camas elevadas.

Imagine uma cama feita com troncos, galhos, folhas, palha e outros resíduos orgânicos. Essa cama se torna um verdadeiro paraíso para as plantas! Os materiais em decomposição liberam nutrientes gradualmente, alimentando as plantas de forma natural e sustentável. Além disso, a hugelkultur retém a umidade no solo, reduzindo a necessidade de irrigação constante. 

A hugelkultur oferece diversos benefícios:

  1. Fertilidade do solo: A decomposição lenta dos materiais orgânicos enriquece o solo com nutrientes essenciais para as plantas.
  2. Retenção de água: A cama elevada retém a umidade no solo, reduzindo a necessidade de irrigação frequente.
  3.  Aproveitamento de resíduos: A hugelkultur é uma ótima forma de utilizar restos de poda, galhos e outros materiais orgânicos que poderiam ser descartados, contribuindo para a redução do desperdício.
  4. Sustentabilidade: A técnica promove a reciclagem de materiais naturais, a melhoria do solo e a redução da dependência de fertilizantes artificiais.

A Hugelkultur é uma opção fantástica para hortas, jardins domésticos e projetos de permacultura. Ela nos permite cultivar alimentos de maneira consciente e sustentável, aproveitando os recursos naturais disponíveis.

Vamos adotar a hugelkultur em nossas práticas de jardinagem e contribuir para a preservação do meio ambiente enquanto colhemos alimentos frescos e saudáveis!

Tipos de árvores que funcionam bem em cultivo gigante:

As madeiras duras se decompõem lentamente e, portanto, seu canteiro enorme durará mais, reterá a água por mais anos e adicionará nutrientes por mais anos. Mas as madeiras macias também são aceitáveis, uma cama de madeira macia apenas se desintegrará mais rapidamente. Misturar madeiras com madeiras macias e galhos no topo, para liberar os nutrientes primeiro, e madeiras duras no fundo, soa como um plano se você tiver acesso a vários tipos de madeira. No entanto, as madeiras macias recém-decompostas no topo consumirão muito nitrogênio no início, então compense isso.

Madeiras que funcionam melhor:amieiro, macieira, choupo, bétula, choupo, bordo, carvalho, choupo, salgueiro (certifique-se de que está morto ou brotará).

Tipos de árvores que funcionam bem:

Cerejeira preta (use apenas podre), madeira de cânfora (bem envelhecida), cedro/zimbro/teixo (antimicrobiano/antifúngico, portanto, use apenas no fundo ou a menos que já esteja bem envelhecido. O cedro deve ser quebrado antes da nova planta as raízes o alcançam), eucalipto (ligeiramente antimicrobiano), laranja osage (excepcionalmente resistente à podridão), teixo do Pacífico (excepcionalmente resistente à podridão), pinho/abeto/espruce (taninos e seiva), amoreira vermelha (excepcionalmente resistente à podridão).

Tipos de árvores a evitar:

Gafanhoto preto (não se decompõe), noz preta (toxina juglone), sequóia antiga (o cerne não se decompõe e o composto de sequóia pode impedir a germinação das sementes).

Deixe seu comentário aqui e nos conte como qual foi sua experiência fazendo sua própria horta.

#Hugelkultur #JardinagemSustentável #CultivoNatural #AlimentosSaudáveis #Sustentabilidade #PreservaçãoAmbiental #Reciclagem #HortaEmCasa #CultiveComAmor #JuntosPel

Fonte: Permaculture

Pague com
  • Pix
  • Pagar.me V2
  • proxy-pagarme-v4
Selos
  • Site Seguro

Razão Social Moda Sustentável - CNPJ: 19.388.142/0001-04 © Todos os direitos reservados. 2024


Para continuar, informe seu e-mail

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Para saber mais acesse nossa página de Política de Privacidade